Em artigo especial para a DocYouSign, Todd Pierce, CDO da Bill and Melinda Gates Foundation, fala sobre a parceria com a nossa empresa para mudar o mundo. Confira:

Como chefe executivo da área de Digital na Fundação Bill & Melinda Gates, eu acredito que já é tempo de trazer a filantropia para a era da transformação digital. A necessidade é crítica e a hora é agora. Aqueles de nós que atuam em filantropia têm um histórico de resolver problemas que ficam no caminho de organizações como a nossa para ajudar muitas pessoas e salvar muitas vidas.

No ano passado, as Nações Unidas adotaram um plano de metas para acabar com a pobreza extrema, proteger o planeta e garantir a prosperidade de todos, como parte de uma nova agenda sustentável para 2030. Algumas estimativas acreditam que serão necessários US$ 3 trilhões por ano para atingir esses objetivos. E, sem o envolvimento do setor privado, eles não poderão ser alcançados.

Minha experiência com o setor privado me diz que a tecnologia pode ajudar a destravar isso. Eu quero trazer todo mundo que eu conheço para essa causa.

Aqui vai por que eu me importo tanto: eu estou vivo hoje por conta da alta qualidade tecnológica. Duas vezes, quando criança, minha vida foi salva por médicos. Crianças demais ao redor do mundo não têm essa oportunidade. E isso precisa mudar.

Na Fundação Gates, nós acreditamos que todas as vidas têm o mesmo valor. Mesmo assim, as pessoas têm falta de acesso igualitário a cuidados e serviços médicos. Nós não escolhemos onde vamos nascer, e poucas pessoas têm a chance de atingir o seu potencial.

As coisas estão ficando melhores. A taxa de mortalidade para crianças abaixo dos cinco anos caiu 49% entre 1990 e 2013. Uma maior facilidade aos cuidados com as mães, campanhas de vacinação na infância e outras intervenções médicas contribuíram para essa redução.

É um privilégio poder ajudar a reduzir essa estatística devastadora. Mas ainda há trabalho a ser feito nesta área como em outras. Eu acredito que é moralmente imperativo providenciar as ferramentas e informações que irão melhorar a vida das pessoas. Tecnologias digitais representam um papel importante ao fazer isso acontecer.

O que eu proponho é que embarquemos nessa jornada juntos – para construir uma Fundação de Parcerias Digitais.

Por que o momento é agora.

Nós estamos em um momento histórico para a tecnologia. Dados na nuvem e outras análises significam que podemos passar menos tempo implementando e mais tempo nos beneficiando. Sensores coletam dados em qualquer lugar. E acima de tudo, telefones celulares têm bilhões de pessoas conectando, compartilhando e trabalhando em todo lugar.

A revolução digital pode destravar insights e oportunidades inimagináveis. Para isso acontecer, o sistema precisa funcionar para todos. Organizações sem fins lucrativo precisam de suporte para se digitalizar para que possam processar subvenções e prêmios rapidamente. Fornecedores precisam de um mercado que justifique os custos de se fazer negócios. E os consumidores – as pessoas que mais precisam de ajuda – precisam de serviços que eles possam acessar e pagar. Vamos trabalhar juntos para fazer isso se tornar realidade.

É possível, e eu acredito que vai acontecer. Mas, nós não estamos lá ainda. Então, como fazemos isso?

Nós AGIMOS juntos. Ampliando, conectando e negociando.

Ampliar significa liberar a incrível capacidade das pessoas de resolver problemas, multiplicando o impacto de doação e engajando outras pessoas na causa. Conectar significa quebrar barreiras que atrasam os mais pobres entre nós para acessar as informações e o suporte de que precisam. Isso é particularmente importante para mulheres e crianças. E fundamentalmente, nós devemos focar em como negociar, reduzindo os atritos nos investimentos em filantropia, fazendo os mercados funcionarem para os mais pobres do mundo. Nós seremos mais rápidos, mais transparentes e mais eficientes do que nunca.

Essas grandes ambições requerem grandes mudanças no sistema. Nós estamos criando parcerias com fornecedores de tecnologia para mudar o modelo de negócios, e tornar mais fácil e rápido para organizações filantrópicas alcançarem aqueles que precisam. Por exemplo, com a DocYouSign, nós estamos organizando formas que as ferramentas possam mudar nossos processos, eliminando a papelada de pedidos de subvenções – e cortando semanas ou até meses para a entrega de ajuda.

PATH é uma empresa líder global em inovações na área de saúde que foca em salvar a vida de mulheres e crianças. A cada ano, eles tocam mais de 200 milhões de vidas por meio da medicina tecnológica, vacinas e intervenções. Eles poderiam fazer mais. Eles querem fazer mais. Mas, como? Mudando para as assinaturas digitais.

Desde que começaram a usar a DocYouSign, PATH conseguiu acelerar os processos em cerca de uma semana e economizar US$ 19,65 por transação. Isso significa que mais vidas foram salvas com uma simples mudança de processo.

Nós estamos apenas começando. Estes esforços são apenas a fase piloto. Esperamos que, dando os primeiros passos, outros em nosso setor possam se beneficiar com o que aprendemos. Por fim, nós visualizamos uma única plataforma para gerenciar dados relevantes de investimentos feitos para impactar. Nós queremos uma grande variedade de apps e serviços para todas as entidades filantrópicasusarem um sistema padronizado.

Nos próximos dias, eu estarei chamando investidores para dizer que precisamos de apoio financeiro para ajudar essas entidades a se conectarem com a tecnologia. Eu estarei chamando tecnólogos e empresários, porque nós precisamos de suas maiores ideias para melhorar as forma como negociamos. Eu comecei esse chamado no DocYouSign MOMENTUM’16.

Eu estou pedindo a todo mundo para construir a hashtag #philanthropyclound. Poste no Twitter que você está conosco, ou envie um e-mail para philanthropycloud@gatesfoundation.org para mostrar o seu apoio.

Nós todos vamos contribuir com diferentes níveis de ajuda – o que importa é que nós devemos AGIR juntos.

(Visited 206 times, 1 visits today)

Tags